O Polvo e Outros Contos

Maria do Rosário Freixo

10.00

Sinopse

Ernest Hemingway uma vez afirmou: "Escreve, se puderes, coisas que sejam tão improváveis como um sonho, tão absurdas como a lua-de-mel de um gafanhoto e tão verdadeiras como o simples coração de uma criança".

Estes contos procuram obedecer aos requisitos que Hemingway colocava nos textos literários, pois possuem o insólito e o estranho como ponto de partida para o desenrolar da ação.

O invulgar percorre estes contos destinados a crianças, mas que podem ser lidos por pessoas de qualquer idade.